Operadores da justiça reforçarão aplicação da Lei Maria da Penha

Publicado em: 11/07/2012

Segundo ministra das Mulheres, Eleonora Menicucci, falta de pessoal em municípios dificulta implementação da legislação sobre combate à violência feminina.

MÍDIA | Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York

Um sistema regional de operadores de justiça pretende agilizar a aplicação da Lei Maria da Penha sobre o combate à violência contra a mulher. Nesta entrevista à Rádio ONU, em Nova York, a ministra das Mulheres, Eleonora Menicucci, disse que a estrutura de operadores regionais irá facilitar o acesso das vítimas, especialmente em municípios que não contam com operadores no momento. “Tem muitos lugares no Brasil em que não há operadores para comporem estas vagas. Operadores da Justiça e do direito. Um exemplo é o meu estado de Minas Gerais. Imagina, se vamos conseguir, operadores para os 700 municípios, por regiões, já facilita o acesso.” A ministra esteve na sede da ONU para discursar durante a cerimônia de 30 anos da criação da Comissão das Nações Unidas para Eliminação de Todas as Formas de Discriminação a Mulheres, Cedaw. A Comissão analisa políticas nacionais de proteção dos direitos da mulher e faz recomendações após estudar a situação das mulheres em vários países. O grupo está reunido em Nova York até o próximo dia 27, na sua 52ª. sessão, para discutir relatórios sobre as condições de vida de mulheres em oito países incluindo Bulgária, Indonésia e México.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *