37 anos da demolição do Miramar

Publicado em: 23/10/2011

Basta uma rápida folheada nos jornais da década de 1970 para perceber que o discurso desenvolvimentista teve papel fundamental na pacificação dos cidadãos durante o processo de demolição do Miramar, em Florianópolis. E essa aceitação, manifestada pelo silêncio da maioria, foi patrocinada pela compreensão de que a cidade precisava ser atualizada, isto é, corrigida, “para não perder o bonde da História” e, mais do que tudo, para acompanhar o “progresso”, à época representado por um projeto rodoviário de desenvolvimento. Leia o artigo completo aqui.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *