A bem nascida

Publicado em: 23/11/2008

A Rádio Colombo do Paraná é uma das emissoras que se pode chamar de “bem nascida”. A concessão foi outorgada pelo governo federal para o grupo que mantinha a Rádio Guairacá, em 1955.

O grupo político liderado por Moises Lupion ficou menos de um ano com a nova emissora, transferindo para o jornalista Aderbal Stresser, diretor do Diário do Paraná, um jornal dos Diários e Emissoras Associadas. O novo concessionário deu a seu filho Ronald Stresser a incumbência de fazer da Colombo uma das melhores rádios da cidade. Stresser selecionou um elenco de profissionais de alto nível para enfrentar a disputa pela audiência que nesse tempo já era difícil.

Contratou radialistas famosos e com larga experiência para fazer uma programação competitiva. Em pouco tempo tinha em seu quadro de pessoal, cerca de 70 funcionários. Jair de Brito, Rolf Mário, Israel Correia, Wilson Seixas, JJ, Donato Ramos, William Sade, José Wanderley Dias, Heitor Guimarães, Daison Pereira, Agni Guimarães formaram nesse time poderoso que levou a Rádio Colombo, em poucos meses ao primeiro lugar de audiência.

À noite havia uma grande disputa entre os programas jornalísticos. A Colombo entrou nessa disputa, chamando para sua equipe jornalística, os melhores redatores da cidade e um elenco de excelentes locutores, entre eles: João Lídio Seiler Bettega e Airton Goulart. Durante bom tempo essa dupla garantiu os bons índices de audiência. Dez anos depois de sua inauguração, a Rádio Colombo trocou de concessionário. Foi vendida para o radialista Erwin Bonkoski.

A nova direção deu novos rumos à programação. Bonkoski assumiu a direção da rádio acumulando suas funções com as de locutor, produtor e diretor de programas. Contratou Arthur de Souza, com sua “Revista Matinal”, Luiz Carlos Martins, Jamur Júnior, Pirajá Ferreira, Barreto Neto e Elon Garcia. Assumiu o comando do programa religioso “Hora do Ângelus” e transformou esse programa, transmitido ás 18 horas, num dos mais importantes do rádio paranaense.

Através dele, Erwin Bonkoski trouxe para sua audiência uma legião de católicos, devotos fervorosos de Nossa Senhora de Guadalupe. A santa ganhou uma pequena capela na sede da emissora e uma romaria realizada no mês de maio, quando reunia milhares de pessoas cheias de fé, pedindo graças e pagando promessas. Graças a esse programa e as romarias anuais na capela de Nossa Senhora de Guadalupe, Bonkoski viu sua popularidade crescer tanto que acabou eleito deputado estadual e mais tarde deputado federal.

Além da “Hora do Ângelus, Erwin apresentou um programa comunitário, ás 12 horas. Nesse horário, costumava conversar com os ouvintes, dando informações, orientação, avisos de festas, aniversários, tudo numa linguagem muito coloquial. Com muito trabalho e grande preocupação para manter a emissora com bons índices na preferência do público, acabou tendo problemas de saúde.

Com fortes dores musculares, teve que recorrer a um tratamento que era realizado na residência de uma famosa massagista, logo em seguida ao encerramento de seu programa, ás 13 horas. Num determinado dia não compareceu a sessão de massagens.

Para tranqüilizar a massagista e assegurar seu horário de massagem no dia seguinte, resolveu dar um recado pelo microfone, durante seu programa. Com a preocupação de evitar muitos detalhes sobre seus problemas pessoais e sua de saúde, enviou um tipo de mensagem que saiu esquisita e deixou muita gente pensando naquilo. Com sua voz suave, de quem esta sempre iniciando uma oração de final de tarde, Bonkoski deu o seguinte recado para sua massagista.;

– Alô, fulana. Ontem não pude ir, mas hoje depois do programa vou na sua casa, fazer aquilo que a gente vem fazendo.

Do livro Sintonia Fina

2 respostas
  1. raimundo moreira souza says:

    por favor procurar meu tio israel pereira guimaroes sua irma que ver senhorinha pereira guimaroes
    uma pista pra vc trabalhou na empresa gloria de transporte coletivo

  2. raimundo moreira souza says:

    pode entrar em contato pelo fone 18 39072445 horario comercial

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *