A estréia de um veterano

Publicado em: 01/06/2013

“Certo dia um menino perguntou para seu pai. – Pai qual é a grande arte da comunicação? E o pai respondeu: Escute meu filho”. Insatisfeito, o menino insistiu na pergunta e o pai, então, lhe disse: “Já respondi, meu filho. A grande arte da comunicação é escutar”.

O barbeiro de profissão e comunicador por vocação, Deivison Hoinascki Pereira, 40 anos, casado e pai de dois filhos é o entrevistado  desta audição nosso Ponto de Encontro quando assume mais uma incumbência: a de cronista e colaborador voluntário do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.

Deivison está com três livros na praça e um quarto livro no prelo.  E para completar o quadro, no domingo, 02/06, faz sua estreia de produtor e apresentador do programa semanal Na Cadeira do Barbeiro pela rádio Luar FM de São José/SC que também está presente na internet em www.radioluar.com.br

Deivison: o personagem e suas idéias

Nascido em Florianópolis em 28 de janeiro de 1973, Deivison criou-se na vizinha cidade de São José onde reside com sua família e onde trabalha. Trabalha com público desde os seis anos de idade e como barbeiro a partir de 1996.

Sobre seu trabalho e sua atividade como personagem e autor no vasto campo da comunicação ele diz: “Barbearias são extensões de nossas casas, continuem não apenas frequentando, isso eu sei que farão, mas peço-lhes que continuem contando suas histórias para que um dia seus filhos, netos e outros, tenham a oportunidade de conhece-las. Anotem, relatem, porque com certeza, sempre haverá alguém prestando atenção, aprendendo com seus erros e acertos, e sempre, é claro, haverá em qualquer lugar que estiver uma cadeira de barbeiro e um sujeito quieto ou falador, que além de deixa-lo mais bonito,  partilhará suas experiências, e quem sabe, as colocará em um livro batizado de Crônicas na Cadeira do Barbeiro.

[email protected] | [email protected] | www.deivisonnacadeiradobarbeiro.blogspot.com

1 responder
  1. eno josé tavares says:

    MEÉDICO,VEREADOR E BARBEIRO NO ESTREITO

    não sei seu nome,mas,virou lenda alí no Estreito-Florianópolis,um Barbeiro que decidiu,q legitimar o título de Cirurgião Capilar,que na antiguidade identificava os barbeiros.Dada a sua importância comunitária,social e comunitário,o dito Médico,por insistência de amigos, concorreu e se elegeu Vereador pelp Bairro , em eleições para Vereador da Capital.Como o personagem fica alí pertinho da residencia do nosso ModeradorÁntunes Severo,acredito que tal personagem ainda esteja à mão ,e, se transformará em ótima referência,no enriquecimento dos comentaristas(?)Colunistas(?)Cronistas de Caros Ouvintes.\vai buscar essa chefinho…

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *