A mídia mascara o produto!

Publicado em: 01/06/2013

Como diria Roberto Avallone “Meu Deus” (exclamação) como pode? Hoje pode. Graças à mídia qualquer jogadorzinho de futebol vira craque, ídolo, joga na seleção e vai ganhar a vida rapidamente no exterior.

O exagero ultrapassa as fronteiras. Culpa da mídia que dá “corda” e promove algumas “coisas” que não passam de uma grande enganação. Os tempos realmente são outros e a influência que a mídia nas suas mais diferentes projeções tem facilita a criação de “monstros” no futebol.

O que tem de “bonde” jogando nos grandes times e sendo repassados para o exterior é incalculável. O duro é ver as dificuldades para se formar hoje uma seleção competitiva que possa resgatar o nosso futebol.

A venda de Neymar foi ótima para o futebol brasileiro. A mídia que se fez em cima desse jogador desde que surgiu ninguém jamais teve. Nem Ronaldo, nem Ronaldinho, nem Kaká, nem Rivaldo, nem Maradona, nem Messi e muito menos o melhor de todos, Pelé.

Neymar fez grandes exibições pelo Santos, mas, de uns tempos a essa parte seu futebol ficou mais por conta dos exageros da mídia. Torço para que volte a jogar o que mostrou no início da carreira agora no Barcelona. Confesso ter minhas dúvidas como tenho com respeito ao seu aproveitamento na Seleção Brasileira. Quero estar completamente enganado porque antes de tudo sou brasileiro e o torcedor número um do nosso futebol. É isso aí.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *