Pequena história do rádio e da televisão – 3

Publicado em: 14/03/2012

Promoção de televisores

A televisão tem um papel importantíssimo na sociedade atual, sendo o meio de comunicação de maior impacto junto à opinião pública. Até o final da II Guerra Mundial, o dono da situação era “sua excelência” o rádio, mas a televisão se expandiu definitivamente na década de 50, com a multiplicação das vendas de aparelhos. A televisão fez-se agente de uma revolução que impôs o audiovisual como uma realidade central da cultura e do quotidiano de larguíssimas camadas da população.

A televisão no Brasil tem sua pré-estreia no dia 3 de abril de 1950 – com a apresentação do frei José Mojica, padre cantor mexicano. As imagens não passam do saguão dos Diários Associados, na Rua Sete de Abril, em São Paulo, onde havia alguns aparelhos instalados.

A televisão no Brasil começou em 18 de setembro de 1950, trazida por Assis Chateaubriand, que fundou o primeiro canal  de televisão no país, a TV Tupi. Desde então a televisão cresceu e hoje representa um fator importante na cultura popular moderna da sociedade brasileira. A TV digital no Brasil teve início às 20h30 do dia 2 de dezembro de 2007, inicialmente na cidade de São Paulo, pelo padrão japonês.

No Ceará foi lançada a pedra fundamental em maio de 1959. A TV Ceará só entraria no ar em 26 de novembro de 1960, ano em que Fortaleza tinha cerca de 500 mil habitantes e apenas 200 televisores, muitos deles adquiridos bem antes, em promoções feitas pelas grandes lojas da época: Casa Parente, Flama, Cimaipinto, Livraria Alaor, Ceará Gás Butano, A Cruzeiro, Armazém Paissandu e outras.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *