A saia justa de Élson Faxina e Jacinto Cunha

Publicado em: 28/10/2012

Memória | Capítulo 19 | Rádio Clube Paranaense

As gafes no rádio dos anos 1950 e 1960 vistas hoje parecem coisas ingênuas diante da liberalidade dos costumes atuais. Mas, naquela época a coisa causava estragos que podiam encerrar a carreira de um locutor. Veja estas, por exemplo. “Élson Faxina havia ingressado fazia pouco tempo na Bedois. Mais afeito a redigir para jornais e revistas um dia ele deixou, para o locutor noticiarista ler, uma cópia do texto cujo original fora feito para um jornal em que ele trabalhava. Tudo bem, só que no texto para ser lido na rádio o encerramento era assim: Na foto abaixo algumas das pessoas presentes na manifestação. E o locutor leu”.

 

Já o Jacinto Cunha, primeiro locutor do rádio paranaense, contou-me certa vez que em 1943, participando das comemorações dos 250 anos de Curitiba, a Rádio Clube Paranaense transmitiu uma série de palestras alusivas à data. No dia 22 de março, iniciando a série, falou o presidente do Instituto Histórico, Geográfico e Etnográfico do Paraná, o eminente historiador paranaense Romário Martins.

Jacinto explicou que a luz acesa indicava que o microfone estava ligado e que, após falar, ele esperasse sem fazer ruídos até a luz apagar.

”Tudo bem”, disse Romário.

Após a apresentação inicial feita por Jacinto Cunha, Romário Martins começou a falar. Nervoso, errou diversas vezes e teve que repetir as palavras. Ao terminar sua exposição, Romário Martins, irritado com ele mesmo, olhou para Jacinto Cunha e batendo com a mão espalmada sobre a mesa disse:

– Jacinto, essa palestra saiu uma merda!

Jacinto ficou branco; a lâmpada ainda estava acesa.

Para ter uma idéia do efeito do acontecimento naquela época em que palavras de calão eram inadmissíveis, imagine que causou mais escândalo do que causaria hoje um homem, em plena luz do dia, desfilando nu pela “Boca Maldita” em Curitiba.

1 responder
  1. Walter Souza says:

    Em ouvi, estava ao lado do artista, já falecido o seguinte final de matéria: o jogador foi bem. continua na página 11. Jornal dos Sportes do RJ. Walter Souza, apenas 53 anos comunicando.

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *