ABAIXO A MESMICE

Publicado em: 11/09/2006

1. “Um elefante
incomoda
muita gente,
dois elefantes
incomodam
muito mais.”
“Três elefantes
incomodam
muita gente,
quatro elefantes
incomodam
muito mais.”
“Cinco elefantes…”
Por Elóy Simões

2. Eu sei que não é nada fácil fazer publicidade criativa no rádio. Muitos de nós cresceram em uma época dominada pela televisão, influenciados, portanto, por uma cultura audiovisual. Mesmo os da minha geração, que criávamos para o rádio numa época em que a televisão ainda era incipiente em nosso país, também sentimos dificuldades.
3. É difícil, mas não custa tentar.
Não custa fazer o rádio deixar de ser, junto com o outdoor, o mais maltratado dos meios de comunicação pela publicidade.
Porque, meu caro publicitário, você há de convir comigo: é um pé no saco ouvir um spot atrás do outro, com os mesmos locutores falando textos monótonos, sem imaginação. Pior ainda quando botam no ar um jingle mal feito, com música ruim e letra que se limita, sem o menor talento, a repetir o brief. Desgraçadamente, o rádio está cheio deles.
Faz mal pro ouvinte, pro anunciante, porque tem a imagem arranhada e não tira partido de todo o potencial desse fantástico meio de comunicação, pra emissora que fica chata e pra você mesmo, porque peça publicitária mal feita denigre a imagem do profissional. 
4. Tenho certeza de que você concorda comigo. Da mesma forma que acredito existirem os que estão satisfeitos com o que está acontecendo. Se você tiver um deles por perto, cante a musiquinha do elefante. Ele vai ver o que é bom pra tosse.


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *