Banda larga cresce em um ritmo impressionante

Publicado em: 11/07/2014

MILTON – Bom dia, Ethevaldo, como vai?

ETHEVALDO: Bom dia, Milton, bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

MILTON – Ethevaldo, qual é o balanço que você faz do crescimento da banda larga no Brasil?

ETHEVALDO: Mantenho a mesma avaliação que fiz há alguns meses, Milton. Do ponto de vista quantitativo, o Brasil está crescendo a um ritmo impressionante.

Segundo dados do SindiTelebrasil, entidade que representa as operadoras de telefonia, o País alcançou em maio deste ano o total de 132,6 milhões de acessos de banda larga móvel, nas redes 3G e 4G, com uma taxa de crescimento de 62% em relação a maio de 2013.

MILTON – Você deu números da banda larga móvel. E como vai a banda larga fixa?

ETHEVALDO: A banda larga fixa tem hoje cerca de 30 milhões de acessos residenciais e empresariais, Milton. Mas seu crescimento é bem mais lento do que a banda larga móvel.

Veja, existem hoje 116,8 milhões de acessos de banda larga móvel proporcionada pelos celulares, aí incluídos os smartphones. Além desses, há 15,8 milhões de acessos em banda larga via modems de acesso à internet e chips de conexão máquina-a-máquina.

MILTON – E quanto à qualidade, qual é sua avaliação da banda larga no Brasil?

ETHEVALDO: Aí que surgem os maiores problemas. Para simplificar a avaliação, poderíamos dizer que metade dos dos acessos de banda larga não atendem aos melhores padrões de confiabilidade e qualidade.

E na outra metade, 40% têm qualidade aceitável, e apenas 10% alcança os padrões de boa ou ótima qualidade, e velocidade de 10 Megabits por segundo ou mais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *