Chimarrão e oralidade radiofônica

Publicado em: 06/09/2010

Magaly Prado

Pois é, estou relacionando o ambiente / cultura, às idéias que formam e constroem o discurso no rádio. Uma delas, com certeza evidente aqui para nós cariocas, é o sotaque. Já no Rio Grande do Sul… Vai no attach o programa que fizemos sobre o hábito gaúcho de beber (tomar) chimarrão e os comentários sobre oralidade radiofônica pela professora doutora Júlia Lúcia de Oliveira. Em tempos de forte homogeneidade nos formatos de informação, o corte cultural define outros caminhos, bem interessantes. Acredito que essa seja uma das discussões mais importantes nessa época de convergências tecnológicas e expansão da cultura do entretenimento de forma muito concentrada. Envio também no attach a professora doutora Magaly Prado (Universidade Casper Libero, de S. Paulo) tomando chimarrão numa tenda típica, armada dentro do campus da UCS – Universidade Caxias do Sul, além das imagens para este programa veja o gaúcho entrevistado e a mesa com os vários copos (cuias) com chimarrão e close em um deles, que são finamente decorados. Uma beleza. Cliquei essas imagens com meu iphone, uma das facilidades portáteis deste milênio. (Lilian Zaremba, de Caxias do Sul para o Caros Ouvintes)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *