Cineasta brasileiro destaca mecanismo da TV América Latina

Publicado em: 18/04/2009

Orlando Senna ressaltou em Havana a transcendência da distribuidora de conteúdos audiovisuais TAL (Televisão América Latina), organização que preside e que hoje agrupa 160 sócios e 500 pontos de difusão no continente. 
Em cinco anos, explicou Senna em coletiva de imprensa, a entidade cresceu e já inclui 190 emissoras de televisão e rádio, contando rádios e tevês comunitárias e de universidades.

Para Senna essa rede é uma espécie de arca em que as empresas situam suas melhores produções e se emprega o troca como via de distribuição, fundamentalmente mediante Internet, via que resulta muito econômica e atraente para as pequenas estações.

Senna disse que a iniciativa mostra a criatividade que resulta necessária atualmente no âmbito comercial, perante os enormes desafios impostos pelos grandes e globalizados poderes midiáticos, junto ao auge vertiginoso das novas tecnologias.

Roteirista de filmes antológicos da cinematografia brasileira como Iracema e Ópera do malandro, o também diretor e ator brasileiro é um dos principais teóricos da sétima arte em seu país e foi diretor da Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antonio de los Baños.

Desde 2003 é chefe da Secretaria do Audiovisual no Ministério de Cultura da nação sul-americana e mantém um minucioso trabalho de promoção e indagação por essas manifestações artísticas na América Latina. Confira: http://www.tal.tv/

Agência Cubana de Notícias | www.cubanoticias.ain.cu

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *