Com prazer?

Publicado em: 02/06/2013

Quando comecei no Rádio, mais precisamente na Rádio Marumby, também iniciava a sua carreira o locutor Vicente Mickosz. Grande colega e excelente companheiro, ficamos amigos pelos anos afora. O tempo passou, deixamos aquela emissora e um dia ele assumiu a direção da Rádio Paraná.

Em época mais recente, dirigiu também a Rádio Clube Paranaense. Participou com dedicação da Lumen, entidade católica dedicada à comunicação social.

Vicente Mickosz e eu, iniciantes no Rádio, desejosos de progredir na carreira, estabelecemos entre nós uma colaboração constante. Quando eu tinha dúvidas sobre alguma coisa, procurava o Vicente.

Quando ele é que estava em dúvida, principalmente na pronúncia dos nomes de músicas italianas, era a minha vez de colaborar. E a gente foi progredindo e nos tornamos diretores de emissoras.
Eu lembro de uma gafe do Vicente.

Certa vez, com aquele nervosismo característico dos locutores principiantes, Vicente Mickosz anunciando os falecimentos do dia assim o fez:

– Prezados ouvintes, é com o máximo prazer que anunciamos o falecimento das seguintes pessoas.

Percebeu a gafe e ficou ainda mais nervoso, ficou vermelho, mas fazer o que, corrigir de que jeito? Ele foi adiante se esforçando pra não rir enquanto seus colegas se arrebentavam em gargalhadas. Eu conto essas coisas para que os principiantes de agora não se apavorem ao cometer um engano. Os mais destacados radialistas do passado cometeram também, e continuaram batalhando e progrediram. E venceram.

Vicente Mickosz – um exemplo de dignidade profissional.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *