Desiderata

Publicado em: 20/11/2010

Siga tranqüilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se que há sempre paz no silêncio. / Tanto quanto possível, sem humilhar-se, viva em harmonia com todos os que o cercam. / Fale a sua verdade mansa e claramente, e ouça a dos outros, mesmo a dos insensatos e ignorantes: eles também têm a sua própria história. Evite as pessoas agressivas e transtornadas: elas afligem o nosso espírito. / Se você se comparar com os outros, tornar-se-á presunçoso e magoado, pois haverá sempre alguém inferior e alguém superior a você. / Viva intensamente o que já pode realizar, mantenha-se interessado em seu trabalho, ainda que humilde: ele é o que de real existe ao longo de todo o tempo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *