Dias de reflexão

Publicado em: 01/04/2015

Reflexão também significa pensar, meditar. Ou seja, “olhar mais a fundo algo ou algumas coisas”. Esse olhar mais a fundo nos faz lembrar quando como que forçamos nossos olhos para ver melhor alguma coisa, talvez um pequeno, mas importante objeto.

Em algumas datas ou épocas do ano a maioria das pessoas costuma se envolver com a data em si, com seu valor simbólico ou até são levados pelo infalível lado comercial, mesmo em tempos de crise. Já a reflexão, o pensar, meditar sobre o significado de tais datas passa despercebido para muitos. Que pena, perde-se uma excelente oportunidade de “crescimento”.

Falando em datas especiais esta semana muitos de várias denominações religiosas lembram a morte e ressurreição de Cristo. A Páscoa era comemorada pelos judeus apenas uma vez por ano, no 14º dia do mês de abibe, depois chamado de nisã. A Páscoa celebrava a saída dos hebreus da vida de escravos que tinham no antigo Egito.

Para calcular essa data é necessário estar atento à primeira lua nova observável mais perto do equinócio da primavera, isso marcava o início do mês de nisã. Importante lembrar também que naquele tempo os dias começavam a ser contados ao por do sol. Ou seja, assim que começava a noite iniciava o novo dia e não a meia-noite como hoje. Com tudo isso a data em questão, a morte de Cristo, cairá este ano na sexta-feira, 03 de abril, mas só depois do por do sol.

Enfim, a sexta-feira santa que marca a data da morte de Um homem que até hoje emociona pessoas em todo o mundo pode cair e cai em diferentes dias da semana, este ano cai de sexta para sábado. De fato uma data memorável. Melhor para quem não fica só na emoção. É muito mais proveitoso quando paramos e avaliamos nossa vida, nossas prioridades e anseios. Caso contrário são apenas datas passageiras em que muitos nem sequer entendem seu significado. Ficar apenas no doce e em lágrimas passageiras não constrói o que pode haver de melhor em nós.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *