Do auditório da Rádio Anita Garibaldi para o Brasil

Publicado em: 12/10/2008

Imagine o auditório de 150 lugares de uma emissora com 500 watts de potência, instalada numa ilha do Sul do país e você estará no prédio do Clube de Regatas Aldo Luz, na Rua João Pinto em Florianópolis.

Esse é o cenário de uma noite do ano de 1958 quando Osvaldo Robin, um dos mais famosos locutores da cidade sobe ao palco e anuncia: “Senhoras e Senhores, temos a grata satisfação de revelar para o Brasil, a mais nova dupla de cantores de Santa Catarina. Com vocês os irmãos Antônio e Adão Vignale e seu repertório do cancioneiro latino”.

A jovem dupla Irmãos Vignale durou pouco. Tudo mudou depois daquela noite. Logo vieram as apresentações nos programas de auditório da Rádio Diário da Manhã de Florianópolis. E antes do final de 1958 os meninos nascidos e criados na pequena cidade se Sombrio, subiam o palco-auditório da Rádio da Rádio Gaúcha de Porto Alegre. E foi aí que Maurício Sirotsky Sobrinho, no seu famoso programa de auditório, selou a sorte da dupla Irmãos Vignale.

Com os aplausos da platéia e a bênção de Maurício Sobrinho, Antônio e Adão passariam a ser conhecido pelo seu novo nome artístico. Agora as portas se abriam para Los Viñales para “integrar a América Latina através da música”. Cumprindo sua missão de padrinho, Maurício encantado com o talento dos garotos, incentivou-os a se dedicar à música Latino Americana.

Foi também com o incentivo do radialista gaúcho que Los Viñales seguem para o Rio de Janeiro onde gravaram seu primeiro LP – Alma, Corazón y Vida que os tornou conhecidos em todo o Brasil.

Renovados e rejuvenescidos com a participação de mais cinco familiares, Los Viñales estão de volta com o espetáculo LOS VIÑALES – 50 ANOS COM ALMA, CORAZON Y VIDA – Integrando a América Latina Através da Música.

O Show consiste em um desfile de canções latino-americanas “interpretadas com fidelidade por Los Viñales, único grupo musical brasileiro dedicado exclusivamente a este gênero” reforça Antônio Vignale e prossegue “Numa viagem imaginária, através da música, Los Viñales levam o público a percorrer diversos países latino-americanos, interpretando canções folclóricas e populares, dando a cada uma o toque correspondente à instrumentação e a interpretação adotada pelo país em foco”.

Los Viñales são membros de uma mesma família (Vignale), tendo à frente Antônio (voz, violão-base teclado), e Adão (voz e vioão-solo), Daniel (violão, flauta, charango e voz), Leonardo (flauta e teclado), Dudui (contrabaixo), Jorge (percussão, bateria e voz), e Nivaldir (ritmo).

Ouça com Los Viñales, Alma Llanera, canção de Pedro Elías Gutierrez e Bolívar Rafael Coronado, composta em 1914. É considerada como o segundo hino da Venezuela. CD Los Viñales. Show Alma, Corazón y Vida, 50 anos. 2008.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *