Doce rancho de amor à Ilha

Publicado em: 11/10/2010

Para ouvir agora, baixar, guardar, ouvir muitas vezes, tocar e enviar para os os amigos. Impecável e doce interpretação de Julie Philippe e Wagner Segura do hino da cidade de Florianópolis (Rancho do Amor À Ilha, de Cláudio Alvim Barbosa – Zininho)

Um pedacinho de terra, perdido no mar!…
Num pedacinho de terra, beleza sem par…
Jamais a natureza reuniu tanta beleza
Jamais algum poeta teve tanto pra cantar!
Num pedacinho de terra belezas sem par!

Ilha da moça faceira, da velha rendeira tradicional
Ilha da velha figueira
Onde em tarde fagueira vou ler meu jornal.
Tua lagoa formosa, ternura de rosa, poema ao luar
Cristal onde a lua vaidosa, sestrosa, dengosa, vem se espelhar…

(Dica de Cesar Valente)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *