Dois anos sem Antonio Carvalho

Publicado em: 16/05/2010

*Alceu Sebastião Costa

Adentro respeitosamente a Morada Celeste e logo sou recebido por dois acólitos especiais do Eterno, respectivamente Anjo Fiori, mestre em cenários e Anjo Muíbo, mestre em harmonia, que cerimoniosamente me conduzem ao sagrado Cantinho da Saudade, onde sou aguardado pelo Anjo Carvalho, mestre em criatividade, que recebe, dos seus pares angelicais, inusitada homenagem pelos dois anos de sua chegada ao Paraíso.

Emocionado e trêmulo, faço-lhe minha reverência e passo-lhe a mensagem poética,
que ousado tomei a liberdade de compor. Neste instante, o Anjo Fiori dá ordem para
que se abram todas as cortinas acetinadas, sob a batuta do Anjo Muíbo soam as trombetas e a comunidade angelical irrompe em “bocca chiusa” primoroso fundo musical, enquanto o Anjo Carvalho faz a leitura do poema Vínculos e Vibrações.

Vínculos e Vibrações

(17 de maio de 2010)

Do outro lado, no espaço etéreo,
O foco de luz, o novo e o velho,
O leito do rio, limpo e sereno,
A carícia do vento, o sopro ameno,
Os anjos de guarda, milícia celeste,
Mãos desarmadas, postas em prece,
Músicas e cantos, efeitos delirantes,
Cenário de paz, energias vibrantes,
Almas seletas, campo sacro de oração,
Reduto da Caridade, do Amor e do Perdão.

A fé nos faz enxergar esta paisagem,
Não nos parece uma simples miragem.
Estamos certos de que esta cadeira vazia
Não reflete solidão, apenas sintonia;
Vemos você feliz naquela moradia,
Apesar da saudade, juntos na sua alegria.

*Alceu Sebastião Costa

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *