DUAS LIÇÕES

Publicado em: 15/01/2007

1. “Sei que amanhã quando eu morrer
os meus amigos vão dizer
que eu tinha um bom coração;
alguns até hão de chorar
e querer me homenagear
fazendo de ouro um violão.
Por Elóy Simões

Mas depois que o tempo passar
sei que ninguém vai se lembrar
que eu fui embora;
por isso é que eu penso assim,
se alguém quiser fazer por mim,
que faça agora:
Me dê as flores em vida,
o carinho, a mão amiga,
para aliviar meus ais;
depois que eu me chamar saudade,
não preciso de vaidade
quero preces e nada mais.”
2. Recebi do Vanderlei Pereti, Coordenador Geral da TVBV/Central Barriga Verde, um emocionante e-mail, a propósito do passamento do Petrônio Estrela. Tomo a liberdade – porque não o consultei e espero que ele me perdoe – de transcrever dois trechos, na verdade duas lições:
“… você já notou que quando partimos dessa para outra, só vamos ser lembrados por coisas boaS? Será que a gente precisa ir embora para ter reconhecimento? É engraçado, mas me lembrei de quando o Brizola morreu. Enquanto estava vivo nos últimos aos, era um velho ultrapassado, gagá, não se reelegeria mais. Quando morreu, nos jornais e revistas, e na TV, também morreu o ultimo grande nacionalista. É engraçado, para não dizer trágico.”
Nelson Cavaquinho diz isso, com a mesma sabedoria, embora com outras palavras,  no samba imortal que reproduzi na abertura deste papo. Vale a pena refletir a respeito.
3. Em outro trecho do e-mail, Pereti chama a atenção para importante detalhe:
“… nestes momentos parece que estamos todos juntos, infelizmente num momento trágico e muito triste… não adiante ficarmos juntos só quando perdemos. Precisamos ficar juntos quando ganhamos também para nos protegermos, para cuidar da nossa propaganda. Para isso precisamos ter um congresso ou outro nome… para encontrarmos caminhos e soluções”.
4. Claro, você já sabe: eu assino embaixo.
Acontece que não sou empresário, líder empresarial ou presidente de  entidade do setor.
Como Nelson Cavaquinho, tudo o que posso fazer é cantar. Do meu jeito, com letras que não possuem o talento dele. Mesmo assim,  continuarei cantando meu cordel, até que o Congresso aconteça. Que eu fique rouco, até não conseguir mais falar. Ou que eu for embora.


{moscomment}

1 responder
  1. mariana de oliveira santos da silva says:

    eu estou mandando este email para falar se alguma banda prescisa de uma baterista que saiba tocar bem essa pessoa sou eu.para que vcs possam saber eu faço aula de bateria faz 5meses que eu faço.entao se alguem prescisa de um baterista e so ligar para o numero;(14)8136-9880.
    beijusssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
    a paz do Senhor para todos que estiverem ouvindo esta mensagem.E nao se esqueça de me ligar se alguma banda que prescisa de uma baterista mulher e nao tenha preconceito com isso.
    Beijusssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
    *** A PAZ DO SENHOR JESUS!***

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *