E aconteceu…

Publicado em: 12/08/2012

Memória – Capítulo 19 | Rádio Clube Paranaense | Mano Bastos

Mano Bastos, meu antecessor na direção artística da Bedois, no final dos anos 50 apresentava um programa de auditório nos sábados à tarde. No andar superior ao auditório havia um depósito em que o assoalho era incompleto, com espaços em que era preciso andar pisando nas vigas para não tocar no revestimento que havia sobre o palco, um tipo de tratamento acústico que era muito frágil. Para piorar, havia pouca iluminação e só a Catarina, a estimada zeladora, sabia onde acender a luz. Certo dia, em meio ao show o Mano levou um susto danado. De repente, barulhentamente caíram no palco pedaços do forro e, num buraco que se abriu no teto, apareceu uma roda de bicicleta e balançando nervosamente as pernas de alguém que ficara pendurado. Eram as pernas do cantor Ícaro Mation que fora guardar sua bicicleta no depósito escuro, pisando onde não devia.

O auditório quase veio abaixo de tantas gargalhadas do público ante o imprevisto, ainda mais porque o nome do programa do Mano Bastos era Tudo pode acontecer.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *