Em cartaz: Caros Ouvintes

Publicado em: 02/08/2005

A trajetória de mais de 60 anos do rádio em Florianópolis vai sair das lembranças de ouvintes, ou de quem viveu no meio radiofônico na cidade, para se eternizar nas páginas de um livro.
Da redação

A obra “Caros Ouvintes”, de autoria de Antunes Severo e Ricardo Medeiros, vai ser lançada nesta quinta-feira, dia 4 de agosto, a partir das 19 horas, na Assembléia Legislativa. O livro é uma co-edição da Editora insular e  da Associação Catarinense de Imprensa (ACI).

Antes do lançamento da obra, a nova diretoria da Associação Catarinense de Imprensa vai tomar posse, anunciando também oficialmente a criação da coleção “Imprensa Catarinense”. A coletânea, cujo primeiro volume é o livro Caros Ouvintes, vai incluir apenas publicações que envolvam a comunicação no estado barriga-verde. O Conselho editorial da  coleção será formado por  representantes da Associação Catarinense de Imprensa, Sindicato dos Jornalistas, Câmara Catarinense do Livro, Academia Catarinense de Letras e Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina.

A idéia inicial dos autores, Antunes Severo e  Ricardo Medeiros, era que o livro abordasse apenas os 60 anos do rádio na capital catarinense e arredores, abrangendo o período de 1943, quando surgiu a pioneira Rádio Guarujá, até 2003. No entanto, com o intuito de incluir as novas emissoras que apareceram no cenário da Grande Florianópolis e contemplar a mudança de programação de algumas delas, a pesquisa foi ampliada até julho de 2004.

Caros Ouvintes concentra-se sobre as estações de rádio ditas comerciais, que são a maioria, e cita ainda a única representante das rádios educativas na região: a Rádio UDESC. Os autores deixam de fora do estudo apenas as emissoras comunitárias ou emissoras piratas.


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *