Emílio Cerri estréia no rádio como cantor

Publicado em: 09/11/2004

Convidado por um colega, inscreveu-se no programa de Calouros Mirins de Aldo Silva, cantou e foi classificado em primeiro lugar. Depois foi locutor noticiarista, locutor comercial e narrador de programas.
Por Antunes Severo

Na verdade Emílio Cerri antes de ser cantor, foi dono de rádio. Aos 10 anos de idade ele “criou” a sua própria emissora. A “estação” funcionava no quarto de passar roupa e se constituía de uma mesa, uma embalagem redonda de talco que servia de “microfone” e uma pilha de revistas Seleções do Reader’s Digest, que eram lidas em diferentes entonações de acordo com o assunto.

Foi com esse prévio conhecimento que aos 16 anos, cursando o segundo grau e militando na União Florianopolitana de Estudantes, que acabou participando da produção e apresentação do programa da UFE, transmitido pela Rádio Anita Garibaldi, aos domingos, logo no início da manhã. Ouvido por João Pacheco, diretor artístico da emissora, foi logo convidado a trabalhar profissionalmente. Ouça a entrevista completa.

Link Relacionado

>> Entrevista Emílio Cerri, radialista

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *