Empresas brasileiras participam da NAB Show 2014

Publicado em: 07/04/2014

Em busca de novas oportunidades de negócios, 18 empresas brasileiras participam do Pavilhão Brasil da NAB Show 2014, maior feira do setor de mídia eletrônica do mundo, que acontece de 7 a 10 de abril no Las Vegas Convention Center, em Las Vegas, EUA. A iniciativa é organizada pelo Projeto Setorial Eletroeletrônicos Brasil, em parceria com a APEX-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e o Sindvel (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica).

As empresas irão expor seus equipamentos e a alta tecnologia presente no setor brasileiro de radiodifusão com um extenso portfólio, que inclui: produtos e soluções de software para televisão e dispositivos móveis digitais; equipamentos para telemetria e gerenciamento remoto; plataformas de transmissão e recepção; projetos e integração em equipamentos de broadcast; serviço de consultoria técnica de transmissão e operação em emissoras de rádio e TV; soluções integradas de hardware e software e plataformas completas de entretenimento, entre outros.

Além da exposição, os empresários brasileiros participarão de fóruns, congressos e encontros de negócio com potenciais revendedores e parceiros locais. “O objetivo é criar uma plataforma abrangente que fortaleça a marca dos produtos nacionais, reforce a promoção comercial e atraia potenciais clientes. As empresas brasileiras dispõem da melhor e mais avançada tecnologia e levarão à feira o que existe de mais atual para o segmento de radiodifusão”, explicou a gerente do PS Eletroeletrônicos Brasil, Daniela Saccardo.

COPA DO MUNDO – Richard Sabah, gestor de projetos setoriais da APEX Brasil anunciou ainda em 2013 que a Copa do Mundo no Brasil seria uma grande vitrine também para a tecnologia de transmissão do país. “A infraestrutura alocada para a Copa será uma prova inconteste da capacidade do país para produzir tecnologia e prestar serviços de qualidade. Certamente o Brasil não é capaz de fornecer toda a gama de tecnologia necessária, mas uma parte significativa e importante desse sistema será produzida pela indústria brasileira. A APEX aposta muito nisso e é uma das patrocinadoras globais do evento, utilizando-o como uma plataforma de negócio”, comentou.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *