Energia é o maior desafio dos próximos anos

Artigo publicado em: 27/07/2012

Segundo o visionário James Canton, o mundo precisa encontrar os sucessores do petróleo

O comentário de Ethevaldo Siqueira transmitido pela CBN Brasil fala de um fenômeno que de há muito preocupa a humanidade, mas que continua sendo tratado de maneira equivocada: a produção e o consumo de energia no planeta. Acompanhe o diálogo do colunista com o apresentador Milton Jung. Milton – Bom dia, Ethevaldo. Como vai? Ethevaldo – Bom dia, Milton; bom dia, ouvintes. Tudo ótimo. Milton – Ethevaldo, sexta-feira é dia antecipar o futuro. Você prometeu falar hoje sobre as grandes tendências e desafios da economia e da tecnologia nos próximos dez a 20 anos. Ethevaldo – Diversos visionários têm feito previsões sobre essas tendências e desafios. Vou citar as maiores tendências, segundo o futurista James Canton, fundador e diretor do Instituto Global Futures, de São Francisco. Os próximos 20 anos ele chama Futuro Extremo, Milton.

Milton – Que é Futuro Extremo?

Ethevaldo – Segundo as definições que ouvi do próprio James Canton, numa entrevista recente, o Futuro Extremo será o resultado de mudanças de impacto em todo o mundo, causado pela globalização das novas tecnologias, pela globalização do comércio, pela globalização do conhecimento, das novas ideias e da emergência de gigantescos mercados superiores a quaisquer outros que existiram até aqui, incorporando mais de 1 bilhão de consumidores apenas na China. Ou quase outro bilhão na Índia. E mais de 200 milhões no Brasil e outros 200 milhões na Rússia.

Milton – E qual são os desafios mais importantes entre esses?

Ethevaldo – O maior desafio econômico e tecnológico de nosso futuro é a energia, Milton. Para James Canton, o mundo precisa encontrar – e, felizmente, já está encontrando – os combustíveis e as fontes de energia renováveis que serão os sucessores do petróleo. Um deles será, sem dúvida, o hidrogênio, que, talvez, venha a ser o grande combustível do mundo daqui a 20 anos – ou seja, em 2032. A outra fonte extraordinária de praticamente ilimitada é a energia solar, que também estará em sua fase de maturação avançada por volta de 2030.

Milton – E a grande tendência na medicina?

Ethevaldo – A grande especialidade dessa área deverá ser a Medicina da Longevidade. Ela nos fornecerá os meios e a tecnologia para transformar nossas vidas, em dois sentidos: para que possamos viver muito mais e com mais saúde.

Milton – Até segunda.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *