EU ODEIO RÁDIO

Publicado em: 20/11/2006

Ela me olha.
-eu odeio rádio.
O ano é de 2005. Dou aula para a sétima fase do Curso de Jornalismo da Faculdade Estácio de Santa Catarina.
Por Ricardo Medeiros

-Eu não escuto rádio. Ah, às vezes só a FM- continua a aluna.
É o meu segundo semestre naquela instituição após quatro anos e meio longe da posição de professor, pois estava na França fazendo doutorado.
A aluna, com sua sinceridade peculiar, vai mais fundo.
-Não sei escrever pra rádio.
Noto que teria um grande desafio pela frente. Respiro fundo e começo as minhas atividades. Digo à aluna e aos demais acadêmicos que gosto do que faço. Faço com paixão. Acrescento que estou em busca de uma sintonia com eles. Asseguro que teremos um final feliz.
Tento implementar em minhas aulas uma harmonia entre teoria e prática e entre seriedade e descontração. Uma aula cheia de informações e sem prática ou vice-versa não é nada atraente. Não combina também um professor que não dê um pouquinho de espaço para o lado lúdico. Além disso, a minha palavra de ordem é: vamos fazer juntos. Aprender juntos.
No meio do semestre a aluna já não mais repete as frases pesadas de antigamente. Já sorri pra mim, pedindo explicações do que não entende. Faz o mesmo exercício várias vezes. Torna-se extremamente aplicada na aula de rádio.
No final do semestre, ela se dirige a mim.
-Professor Ricardo, preciso falar com o senhor.
-Pois não-digo eu, um pouco apreensivo.
-Professor, quero convidá-lo para ser o meu orientador. Está decidido, vou fazer o meu Trabalho de Conclusão de Curso, TCC, na área de rádio.
Boquiaberto, surpreso e até emocionado, balbucio um sim de felicidade.
Semana passada, ao terminarmos, os retoques no seu trabalho de rádio, ela dispara. -Lembra professor, eu odiava rádio. O senhor foi o responsável por ele ser agora uma das minhas paixões.
Um nó surgiu em minha garganta.


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *