Falta de respeito ao rádio esportivo

Publicado em: 22/03/2013

Não bastasse o declínio do futebol brasileiro ocupando atualmente o décimo oitavo (18) lugar no ranking da FIFA outro fato merece registro e a busca de uma solução. É a falta de respeito ao rádio esportivo em nosso país. Não bastasse a televisão mostrando futebol o dia inteiro e os principais jogos no horário burro das 22 horas inventaram também partidas às 19h30. Nas grandes cidades (especialmente capitais) o trânsito não permite que o torcedor possa estar no estádio nesse horário. Ele acaba desistindo ou chegando já com o jogo em andamento. O recurso de ouvir no carro pelo rádio também diminuiu. Tudo porque com a obrigatoriedade de retransmitir a Voz do Brasil as transmissões só iniciam às 20 horas e mesmo porque nem todos tem acesso à internet quando estão retidos no trânsito. Jogos às 19h30 as quintas-feiras ainda tem os horários políticos gratuitos. Quando a transmissão começa no rádio o primeiro tempo já terminou. O rádio esportivo como fica nisso. Não fica. Ele que é o maior prestador de serviço está ficando cada dia como menos espaço no futebol brasileiro. Será que alguém já analisou a situação. É isso aí.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *