Fiori Gigliotti e seu Cantinho da Saudade

Publicado em: 23/09/2007

A Fiori Gigliotti, a nossa homenagem do nosso “Cantinho da saudade”. Pois é… Os que ousam dizer que os textos literários não cabem no Rádio, por certo nunca ouviram Fiori Gigliotti ou então desconhecem que a crônica pertence ao gênero prosa poética.
Por João Chamadoira

Um dos locutores esportivos mais ouvidos, Fiori Gigliotti, além de narrar os jogos de futebol com  expressões ou bordões tiradas mais do coração do que da razão, mantinha, um programa semanal, aos domingos, chamado  Cantinho da saudade.  Quebrava, de certa forma, o protocolo da objetividade nas transmissões dos jogos. E como preliminar dessas transmissões, coerentemente, brindava os ouvintes, com uma crônica que informava e encantava. Era, então, o “Cantinho da saudade”. Lembro-me até que eu gostava mesmo era da Rádio Pan-Americana, afinal lá só havia esportes- era a ” A emissora dos esportes”. A narração objetiva, sem enfeites, de Pedro Luiz, atraía-me. Acho que era mais jornalismo.
Mas no domingo, antes dos jogos, na Rádio Bandeirantes, depois, na Record, depois na Tupi, ouvia o Fiori Gigliotti mostrando, de forma metafórica, pessoalíssima, a vida de astros e seus destinos, após brilharem nos gramados. Jogadores famosos que, no fulgor do sucesso, vendiam jornais e aumentavam audiências.Terminada a carreira, porém,  desapareciam na multidão. Recordo-me, como se fosse hoje ter ouvido, no Cantinho da saudade, a homenagem de Fiori Gigliotti ao craques  Ponce de Leon, grande meia do São Paulo e Rodrigues ( o Tatu), ponta-esquerda do Palmeiras, que fazia a famosa ala-esquerda Jair e Rodrigues. Até então grande fã do futebol, na minha ingenuidade de adolescente, sequer imaginava que os grandes ídolos, geralmente vindos das classes mais sociais mais carentes, sem nenhuma orientação, não sabiam aproveitar o (pouco então) dinheiro recebido durante a fama. E o Fiori Gigliotti, então, perguntava e afirmava ao mesmo tempo: – Onde andará Rodrigues, com seus dribles úteis, infernizando as defesas adversárias?… Que gols na vida estará marcando o nosso Ponce de Leão?
E eu, cá entre ns, amante do futebol, começava a sentir que fama tinha um tempo… E começava a perceber que o programa já chegava ao fim. De fato, lá vinha o Fiori: “Torcida brasileira, a Veludo, grande campeão mundial de futebol no Chile, a homenagem do nosso cantinho da saudade. “
 


{moscomment}

10 respostas
  1. ROBERTO MACIEL says:

    Onde se pode conseguir alguns desses programas para se ouvir novamente … Ho visto atraves da internet um dos programs no qual falva de GERALDO joador do flamengo morto em uma mesa de operaçao em 1976.
    Moro em ROma na Italia a 14 anos e quando fiquei sabendo de sua morte (a 3 anos atras) fiquei muito triste … mais que DEUS o tenha …

    saluti

    Roberto

  2. ¨Vanderlei says:

    O Fiori Giglioti dava vida e emoção sem explicação numa partida de futebol. Que saudade de ouvi-lo na época de Pedro Rocha, Forlan e cia. Queria saber onde posso conseguir ouvi-lo novamente a emoção de uma partida narrada por ele. O Brasil perdeu um dos maiores craque de futebol. ¨Chame o velho que so vem coisa boa¨
    Correu Peedro Rocha, passa pelo primeiro, invade a área chutou é fogooooo, GOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL! Pedro Rocha torcida brasileira!
    ¨O tempo passa! 40 minutos torcida brasileira!
    ¨Crepúsculo torcida brasileira!
    ¨Fecham se as cortinas e termina o espetáculo

  3. geraldo alves da costa says:

    meu deus qta saudade morei em sp de 75 a 85 tinha 18 a 28 anos ADORAVA IR AO ESTADIO COM UM RADINHO LIGADO NA BANDEIRANTE NOSSA MTA SAUDADE DO FIORE ,HOJE ESTOU EM MINAS ARAÇUAI MINHA TERRA NATAL

  4. oswaldo ramos says:

    gostaria se possivel vcs me indicar onde e como posso ouvir,as narrações do programa cantinho da saudade com nosso querido fiori,deste ja eu agradeço!!

  5. Antunes Severo says:

    Olá Rosana, somos gratos pelo seu alerta e queremos contar com sua ajuda. Precisamos de contatos com pessoas da família do Demaria que possam colaborar com informaçoes para que possamos publicar matérias sobre o trabalho dele na Rádio Diário da Manhã. Pessoalmente admiro o Demaria pela qualidade de sua arte e pela generosidade do seu trato de amizade. Trabalhamos juntos e nos tornamos amigos.

  6. Raul Junior says:

    Torcida Brasileira o homem que nasceu em Barra Bonita-SP, nos ensinou que mesmo durante a emoção de um jogo a capacidade gramatical pode estar incluída, que lindo era ouvir “No crepúsculo do segundo tempo” “Fecham-se as cortinas e termina o grande jogo” ” O moço de Auriflama” (se referindo a Wilson Mano) ” Balão subindo e descendo… Cabeça nela e afasta o perigo!” Mas os almoços domingo eram inevitavelmente servidos em Três Lagoas MS com o rádio de papai em alto e bom som, contando histórias como por exemplo de Almir Pernambuquinho, morto na frente de um bar ao tentar defender um travesti (E nem havia na época a legislação contra o preconceito homofóbico) Por isso hoje posso afirmar que esse célebre narrador radiofônico de nome Fiori Gigliotti VAI FICAR PARA TODO O SEMPRE ENCRUSTADO NA TERNURA E NA LEMBRANÇA DO NOSSO… CANTINHO DA SAUDADE!

  7. JOEL DOS SANTOS says:

    HUUUUM QUANTAS LEMBRANÇAS SAUDÁVEIS DESSE QUE FOI UM DOS MAIORES NARRADORES DE FUTEBOL DE MINHA ADOLESCENCIA E JUVENTUDE.
    EU TINHA 14 ANOS, ERA NOVEMBRO DE 1963 NO MARACANÃ…, SANTOS E MILAN : PRIMEIRO TEMPO MILAN 2 SANTOS 0
    LEMBRO COMO SE ESTIVESSE OUVINDO-O AGORA; VAI SE TRANSFORMANDO EM DELÍRIO AQUELE TERRIVEL PESADELO DO PRIMEIRO TEMPO: SANTOS 3 MILAN 2, NO FINAL 4X2. COMO ELE FALAVA DOS 150.000 TORCEDORES QUE LOTARAM O ESTÁDIO.
    A RADIO BANDEIRANTES ESSE É UMA DAS NARRAÇÕES DO FIORI QUE GOSTARIA DE TER.

  8. Ivo Dirceu Aguado says:

    Onde e como posso conseguir gravações do programa Cantinho da Saudade com Fiori Gigliotti.

    No aguardo Ivo

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *