Flagrantes da história do rádio no Ceará

Publicado em: 19/10/2008

As primeiras emissões radiofônicas (chamadas broadcastings) regulares ocorreram na França e na Inglaterra em 1922. Mas, foi nos Estados Unidos da América onde o rádio se desenvolveu de forma mais intensa.
A radiodifusão como serviço de transmissão regular surgiu em 1920. A KDKA, primeira emissora norte americana tinha como base da programação a produção de coberturas jornalísticas. Em novembro de 1921, já havia 12 novas emissoras; em dezembro, surgiram mais nove; e, em janeiro de 1922, 26 novas emissoras entravam no ar. Em 1924 já havia 530 emissoras radiofônicas no ar nos EUA e, em 1927, o número de receptores naquele país já era de sete milhões.

Em 1925 a radiodifusão já era bastante conhecida em países como Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Itália, Japão, Noruega, Suíça, na antiga Tchecoslováquia, na União Soviética (Rússia) e nos países baixos.

No Brasil, aliás, a primeira transmissão radiofônica oficial deu-se com o pronunciamento do presidente Epitácio Pessoa falando do Rio de Janeiro para Niterói, Petrópolis e São Paulo durante as comemorações do Centenário da Independência do Brasil, em 7 de setembro de 1922.

A data de implantação da radiodifusão brasileira, entretanto, é 20 de abril de 1923, graças à visão de Edgard Roquette-Pinto (1884-1954), renomado escritor e antropólogo, e Henrique Morize (1860-1930), engenheiro e metereologista, diretor do Observatório do Rio de Janeiro.

Ressalte-se que os pernambucanos queriam questionam essa primazia, pois no Recife, desde seis de abril de 1919, funcionava a Rádio Clube de Pernambuco, que atuava no ramo da radiotelegrafia.

No Ceará, por inspiração de João Dummar, interessado por assuntos de radiotelefonia – como se denominavam então as atividades de radiodifusão -, a 28 de agosto de 1931 foi fundado o Ceará Rádio Clube (a designação era masculina). Sociedade civil integrada por “amadores da radiotelefonia”, no caso, os senhores Francisco Aprígio Riquet Nogueira, Clóvis Fontenele, Joaquim da Silveira Marinho, Eusébio Nery Alves de Sousa. E mais, Francisco Campello de Alencar Mattos, Diogo Vital de Siqueira, Álvaro de Azevedo e Sá, Sebastião Coelho Filho, César Herbster Dias, Jorge Ottoch, o próprio João Dummar e tantos outros.

Como radiofonia o pioneiro foi João Dummar que fundou a Ceará Rádio Clube (PRE-9) em 1934.  Outras emissoras se sucederam à pioneira. A Rádio Iracema em nove de outubro de 1948 (ZYR-7), fundada pelos irmãos José Parente, Flávio Parente e José Josino Costa.

A emissora do pássaro, a Uirapuru veio em 16 de junho de 1956, através de um audacioso projeto de José Pessoa de Araujo e Aécio de Borba Vasconcelos, coadjuvados por amigos como José Júlio Cavalcante e Luis Crescêncio Pereira. A Rádio Uirapuru era carinhosamente conhecida como a boazinha e a casa do esporte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *