Haiti se prepara para passagem de tempestade este fim de semana

Publicado em: 24/08/2012

Segundo as Nações Unidas, chegada do Isaque ao Haiti, Cuba e República Dominicana pode colocar 800 mil pessoas em risco de assistência humanitária imediata.

MÍDIA | Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York

Haiti: milhares em risco de auxílio imediato. (Foto: Minustah)

Equipes de emergência estão sob alerta para a passagem de uma tempestade tropical pelo Caribe, este fim de semana. Segundo o Escritório de Assistência Humanitária das Nações Unidas, Ocha, a tempestade, batizada de Isaque, deve chegar ao Haiti, à República Dominicana e a Cuba, colocando 800 mil pessoas em risco de auxílio imediato. Antes da confirmação sobre a tempestade, o comandante militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, general Fernando Goulart, falou à Rádio ONU, de Porto Príncipe, sobre o plano de contingência das tropas para informar os haitianos. “Esta notícia é veiculada com a devida antecedência. E este centro de operações que a Minustah tem normalmente é ampliado para fazer face àquele fenômeno ou àquela contingência. Segundo o general Fernando Goulart, a maior preocupação é com os desabrigados pelo terremoto de 2010 no Haiti. O número é de mais de 300 mil pessoas. “A preocupação é mais exatamente focada nos deslocados pelo terremoto que tiveram que ir para campos provisórios e estão em abrigos, e são muito vulneráveis a ventos fortes, a chuvas pesadas e a alagamentos.”Os Serviços de Meteorologia estão prevendo ventos fortes e chuvas para a maioria do país. O departamento de Proteção Social do Haiti já entrou em contato com as agências da ONU para pedir apoio. Uma outra preocupação é com a questão do cólera, que pode ser agravada com a tempestade.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *