Hard vs. soft

Publicado em: 25/01/2013

Rádio CBN Brasil | MUNDO DIGITAL, com Ethevaldo Siqueira

Milton – Ethevaldo, o que é mais importante na eletrônica moderna: hardware ou software?
Ethevaldo – Essa é a pergunta mais difícil de ser respondida, a meu ver, Milton. A evolução de ambos os setores é tão grande que ora achamos que o mais importante é o hardware, ora que é o software.
Comecemos pelo hardware. A cada dia, você encontra partes, peças e componentes melhores, sejam chips, memórias, telas, microcircuitos, teclados, mouses ou cabos. Em breve teremos a chegada das telas flexíveis nos celulares, nos tablets, laptops e televisores.

Milton – Mas você não acha que o software supera a importância do hardware, porque ele é responsável pelos melhores programas, aplicativos e sistemas operacionais desse mundo da eletrônica?
Ethevaldo – Muita gente defende essa tese, Milton. Mas eu acho que a interdependência se torna tão grande entre o aparelho e sua inteligência, que hardware e software podem equiparar-se em importância. É claro que o software tem grandes avanços, mas ele também depende de melhores materiais, peças mais avançadas e componentes mais sofisticados. Uma visão mais interessante sobre o problema é a do presidente da divisão de dispositivos das Samsung, Stephen Woo.

Milton – Qual é a visão dele?
Ethevaldo – Não opinião desse dirigente da Samsung, são três as alavancas que revolucionam a indústria de eletrônica de entretenimento no mundo hoje: processamento, soluções de memória e tecnologia de displays. Vamos ver cada uma dessas alavancas:
Processamento é basicamente software e funciona como a maior alavanca de todo o desenvolvimento de aplicativos, funções e inovações dos produtos.
Soluções de memória nos permitem aumentar cada vez mais a capacidade de armazenamento dos dispositivos, reduzem custos e economizam energia.
Tecnologia de displays possibilita uma qualidade de imagem só concebida no mundo da ficção científica.
Desses três, memória e displays são hardware. E processamento é software. Mas é bom lembrar que eles atuam em conjunto, ampliando as possiblidades e abrindo novos horizontes para os produtos eletrônicos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *