Hip-Hop: “Aos olhos de uma criança”

Publicado em: 29/04/2014

“O corpo come pão para poder andar. Mas para poder voar, é preciso ter asas. A poesia são as asas da alma.” É impossível escutar a música ‘Aos olhos de uma criança’ de Emicida, sem se remeter a citação do educador Rubem Alves sobre a importância da poesia, já que a canção do rapper é, acima de tudo, alimento para alma.

Em ‘Aos olhos de uma criança’, Emicida utiliza-se de um flow (ritmo/levada) que se encaixa perfeitamente com a batida da música, consequentemente não fica difícil para o ouvinte mergulhar no âmago dessa narrativa a fim de ter sua sensorialidade alterada. O rapper tece habilmente o retrato do inconsciente de uma criança, nos fazendo lembrar outros grandes contadores de história que realizaram tal proeza, como por exemplo, os escritores de literatura infantil Ziraldo (O Menino Maluquinho), Shaun Tan (A árvore vermelha), Peter Carnavas (A caixa de Jéssica / Coisas importantes) e Maria de Lourdes Krieger (Ana Levada da Breca).

O título da música não poderia ser melhor, já que o rapper personifica genialmente a visão de uma criança diante de um mundo que ao mesmo tempo amedronta e fascina. A voz de Emicida é regada por uma melancolia para representar o estado de espírito do personagem de sua narrativa intimista, consequentemente o ouvinte cria uma empatia instantânea pelo menino microscópico perdido na selva de pedra.

A composição de Emicida é a música-tema do filme “O Menino e o Mundo”, projeto de Alê Abreu que conta a história de um menino que mora com o pai e a mãe, em uma casa no campo, porém com a falta de trabalho, o pai abandona o lar e parte para a cidade grande. Triste e com saudade, o menino faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai se encontra.

Confira o clipe da música que contém cenas do filme:

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *