História de Blumenau – Capítulo 16

Publicado em: 18/05/2008

Blumenau teve, de início, mais de uma data de fundação. Durante o tempo em que o Dr. Blumenau dirigiu o seu empreendimento, que vai desde a criação da colônia até a emancipação política, a data de fundação era 28 de agosto de 1852.
 Por Vilarino Wolff

Assim entendia o colonizador, por ter sido essa a data em que foram distribuídos os primeiros lotes coloniais, devidamente medidos, demarcados e legalizados. Blumenau entendia como a melhor data para dar-se como iniciada a colonização.

Do ponto de vista prático, tendo-se em mente que a colônia era para o Dr. Blumenau e os primeiros imigrantes um evento administrativo, a data merecia, realmente, ser marcada como a ligação definitiva do colono à terra.

Mas se assim entendia ele o início da colonização, houve quem interpretasse, mais tarde, que à história interessava o começo de tudo e não, apenas, a fixação dos primeiros imigrantes aos seus lotes.

Isso aconteceu no ano de 1900, data por demais significativa e fácil de guardar, uma vez que iniciava o século vinte. Era intendente o Dr. José Bonifácio da Cunha e a Câmara Municipal resolveu, por unanimidade, decretar o dois de setembro de 1850 – data da chegada dos primeiros imigrantes à colônia – como a fundação de Blumenau.
O ato foi mais político do que prático. Ampliou, contudo, o significado que se pretendia dar ao feito, valorizando a chegada dos primeiros heróis e exaltando os esforços do Dr. Blumenau.
Foi, realmente, com a chegada dos dezessete primeiros imigrantes que começou a vida da colônia. Até então eram atos preparatórios com que o fundador criava condições para a realização do seu sonho e para o abrigo daqueles que viriam.
Como diz o Professor José Ferreira da Silva em seu apanhado histórico para o livro Centenário de Blumenau: “Dali partiu o sopro vivificador que, não obstante os contratempos e dificuldades encontrados no caminho ou, talvez, exatamente porque encontrou esses contras, fecundou os planos do fundador e orientou a colônia para os sucessos que a foram engrandecendo, transformando-a num empreendimento vitorioso que todo o Brasil, com justas razões, se orgulha”.
No próximo capítulo: como foram os dez primeiros anos.
Link Relacionado
 Áudio


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *