História de Blumenau – 20

Publicado em: 08/11/2009

Dr. Blumenau era home de fibra. Temperamento privilegiado, era paciente, agia com a calma necessária nos momentos mais difíceis e era de uma persistência inabalável. Os últimos acontecimentos, ao invés de dobrarem-lhe o ânimo, retemperaram a fibra de lutador. Infundiram-lhe novas forças para levar adiante a tarefa de que se incumbira. Faziam o seu sonho ainda mais arraigado. A questão tornava-se, apenas, uma revisão de planos, a adição de novas componentes para o enfrentamento de tais circunstâncias e como ensinar aos imigrantes a conviverem com os desafios da natureza.

A 27 de agosto de 1851 chegaram mais cinco colonos. Era parte de um novo grupo de treze que haviam partido da Alemanha com destino à colônia. É que nessa época a “Kolonisationsverein”, organizada na Alemanha em 1840  para colonizar terras pertencentes ao Príncipe de Joinville, ao norte da Província de Santa Catarina, roubara-lhe o resto. Tratava-se de mais uma concorrente que procurava atrair imigrantes motivados pelo Dr. Blumenau e tratava de demovê-los a tomarem outro rumo que não fossem as terras da então Colônia Dona Francisca. Teriam esses oito traído a confiança do fundador de Blumenau?

Pode ser que o Dr. Blumenau se aborrecesse com tais ações, até certo ponto desleais e antiéticas. Mas se assim era, a ninguém deixava perceber. Um pouco disso, porém, transparece nos relatórios escritos por ele, em bom português, com sabedoria e sensatez admiráveis, narrando seus feitos e planos de colonização ao setor competente da corte imperial. Vamos ao texto do Segundo Relatório da Colônia de Blumenau, em que dizia: “ no meu primeiro relatório, que tinha a honra de oferecer no princípio do presente ano, expus o estado da colônia até este termo”.

No próximo capítulo: a concorrência de outras colônias atrapalhava os planos do Dr. Blumenau.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *