J. Pedro Corrêa, o garoto de Gaspar

Publicado em: 10/01/2010

Um dia, um garoto de Gaspar – uma pequena cidade próxima de Blumenau, em Santa Catarina – se deu conta de que existia o rádio, uma coisa para aquela época bastante moderna. Então, lhe perguntei: “Como é que foi o seu encontro com o rádio”? Ele começou a falar e eu fiquei encantado com sua história. Principalmente, porque ele veio confirmar uma desconfiança que me acompanhava de há muito tempo: na real não há um encontro, o rádio viera junto com sua alma e só estava esperando a oportunidade para se manifestar. A entrevista está organizada em três tópicos: de Gaspar ao Rio de Janeiro, Os anos de Rádio Suíça Internacional e O self made man – secretário de estado, diretor de radiojornalismo e o mais premiado RP do Brasil no Exterior. Aqui a primeira parte.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *