Landell de Moura, reconhecimento tardio, mas oportuno

Publicado em: 20/07/2009
PlayPlay

Passado mais de um século, o Brasil continua devendo ao padre Roberto Landell de Moura, o reconhecimento pela descoberta dos princípios que resultaram na criação do telefone, do rádio e da televisão como hoje os conhecemos.
Nesse largo período de tempo temos amargado o descaso com que o país, por seus representantes legais, se comporta diante da usurpação a que foi submetido o cientista brasileiro. Entretanto, felizmente, parece que essa incúria está por ser derrubada pela evidência dos fatos e a ação incansável do Movimento Landell de Moura, dentre outros que, como nós, acreditam que o erro histórico pode e deve ser reparado.

Agora mesmo, em correspondência ao Instituto Caros Ouvintes, o radioamador, radialista e pesquisador Ivan Dorneles Rodrigues, de Porto Alegre, menciona várias ações que estão sendo desencadeadas neste momento. Ele, por exemplo, e a professora Vânia Maria Abatte acabam de ser entrevistados pelo programa Reencontro com a Universidade, apresentado pela da Rádio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Simultaneamente a imprensa gaúcha está acompanhando a mobilização que junto à Assembléia Legislativa está sendo liderada pelo deputado Geovani Cherini que acaba de apresentar projeto que declara Pioneiro das Telecomunicações o Padre Roberto Landell de Moura.

Também na internet o movimento está revigorado com a criação do site www.mlm.landelldemoura.qsl.br que traz como apelo inicial a frase ASSIM COMO ALBERTO SANTOS DUMONT É O PAI DA AVIAÇÃO, ROBERTO LANDELL DE MOURA É O PAI DAS TELECOMUNICAÇÕES. Com versões em espanhol, inglês e alemão, além do português, o site pretende ser porta voz internacional do Movimento Landell de Moura.

No site você encontra extensa bibliografia e uma lista de livros que mencionam o pioneirismo do padre Landell de Moura.

:: Veja Vídeo da RBS TV sobre Landell de Moura

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *