No rádio a notícia é transmitida em tempo real

Publicado em: 03/10/2011

Antônio Magalhães Filho

Observei o comentário do Dr. Flávio Bovo sobre a importância dos ouvintes de rádio. Realmente ainda é tão importante, como ver televisão. Ninguém fica sem rádio, principalmente em um veículo, seja em ônibus, em automóveis ou em qualquer lugar público, o rádio sempre é bem ouvido. É uma comunicação importante para o povo; no rádio, se houve notícias quentinhas da hora, sobre acidentes que acabaram de ocorrer, sobre o tempo, sobre generalidades do cotidiano e sobre direitos: lembrei-me que a alguns anos, mais precisamente nos anos 1970, tínhamos na rádio o programa do finado “advogado” Dr. Mário de Abreu, que juntamente com o Dr. Flávio Bovo, fazia o programa “Culpado ou Inocente”. Lá narravam acontecimentos de crimes ocorridos no Paraná; toda semana, havia notícias, que eram importantes para população. Ali discutia-se “direitos e deveres” e colocava-se a população a par dos crimes que chocavam ou ouvintes. Hoje, nenhum crime choca o povo, porque crimes estão acontecendo quase todos dias. Basta ler os jornais, ocorrem em média 15 assassinatos à cada fim de semana, fora os acidentes de trânsito que vêm matando mais “gente” do que qualquer guerra já acontecida; brigas de marido e mulher, já se tornou uma constante, até já existe uma Delegacia da Mulher, existe também Delegacia de Acidentes de Trânsito, isso não existia nos anos setenta. Por tudo isso, é que é importante o rádio: a notícia é transmitida em tempo real e na televisão só se fica sabendo das noticias do dia, logo a noite, depois que se chega em casa. Rádio nunca vai deixar de existir.

1 responder
  1. Flávio Bovo says:

    Na minha opinião o que falta nos programas de radio é um comentarista sobre histórias reais, contada por historiadores (mesmo dos auto didatas), conheço uma pessoa que conhece a história do Brasil, nos mínimos detalhes, de figuras e personagem da historia, desde o descobrimento até os dias de hoje. É meu irmão Atilio Bovo Filho, é fácil encontrá-lo em Curitiba.

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *