Nova solução de inteligência e planejamento de mídia do Kantar Ibope Media

Publicado em: 23/07/2020

O Kantar Ibope Media está lançando no mercado de radiodifusão, principalmente voltado ao meio Rádio, o Kantar Social Radio (KSR) – uma solução que oferece mais inteligência ao planejamento de mídia.

O primeiro levantamento especial do KSR, com análises entre janeiro e junho de 2020, mostra que foram mais de 3,5 milhões de tweets sobre rádio ao longo do semestre entre as emissoras da cobertura, com quase 650 mil autores únicos e mais de 987 milhões de impressões. Mostrou também que 78% dos brasileiros ouviram rádio nos últimos 30 dias, com consumo médio diário de 4h41min.

Segundo o monitoramento do KSR, mesmo durante a pandemia, a audiência do meio se manteve em alta, com 78% dos brasileiros afirmando que ouviram rádio nos últimos 30 dias, com consumo médio diário de 4h41min. Além disso, três em cada cinco ouvintes consumiram o meio todos os dias. “O KSR permite que emissoras de rádio, agências de publicidade e anunciantes entendam o que se comenta sobre o meio nas redes sociais, quais os programas que mais engajam os ouvintes e, ainda, a performance dos programas ao vivo ou em análises históricas. Compreender essa repercussão é mais um caminho para entender o que o ouvinte quer, de fato, ouvir”, comenta Adriana Favaro, diretora de Desenvolvimento de Negócios da Kantar Ibope Media.

Dados do Target Group Index indicam que 57% dos brasileiros conectados (que acessaram a internet) ouvem rádio e, destes, 16% o fazem enquanto acessam a internet. Esse número expressivo de ouvintes se reflete nas interações online avaliadas pelo Kantar Social Radio. O primeiro levantamento especial do KSR, com análises entre janeiro e junho de 2020, mostra que foram mais de 3,5 milhões de tweets sobre rádio ao longo do semestre entre as emissoras da cobertura, com quase 650 mil autores únicos e mais de 987 milhões de impressões.

Atuação do ouvinte nas redes sociais

Outro levantamento que também foi realizado pelo KSR, abrange as interações entre dias de semana e fins de semana. Segundo a plataforma, ainda que parecidas, foi observado um volume maior ao longo dos dias de semana. O pico de postagens acontece no final da tarde, entre 18 e 20 horas, faixa que concentra 20% dos tweets diários. Nos finais de semana, os tweets pela manhã possuem uma curva mais fluida entre os horários, enquanto durante a semana existe um pico matinal às 10 horas.

Fonte: Kantar IBOPE Media | Kantar Social Radio – 01 de janeiro a 30 de junho de 2020

“Essa interação entre rádio e redes sociais ficou ainda mais evidente durante a pandemia do novo coronavírus. A busca por conexão levou a um aumento expressivo na geração de conversas sobre rádio, logo após o início das medidas de distanciamento social. Nossa pesquisa especial sobre os impactos do Covid-19 no consumo de rádio mostrou que 61% dos ouvintes de rádio declararam ter utilizado redes sociais ao longo da pandemia. Os dados do KSR refletem essa repercussão, indicando um aumento de 77% na quantidade de tweets sobre rádio em relação a primeira semana de março, período anterior as medidas de isolamento”, explica Adriana.

Kantar IBOPE Media | Kantar Social Radio – 09 de março a 30 de abril de 2020

O consumidor de mídia é cada vez mais onipresente e trafega sem problemas entre meios. “A instantaneidade das redes sociais conversa muito bem com a agilidade do rádio. Todos os programas hoje possuem um canal direto com seus ouvintes pela internet, logo nada mais natural do que escutar o que os ouvintes dizem nas redes sociais. Além de mostrar o que o ouvinte fala sobre os programas, o que já é um indicativo das suas preferências e hábitos, o KSR permite que nossos clientes analisem os comentários sobre os programas de rádio, e os sentimentos de cada mensagem postada em tempo real, identificando os influenciadores que conduzem essas conversas nas redes, além de acompanhar os comentários sobre um programa ou marca diariamente, e não apenas durante a janela de transmissão. Na prática, o KSR traz mais compreensão sobre o ouvinte, de maneira rápida e eficaz, em um cenário cada vez mais competitivo”, finaliza Adriana.

(tudoradio.com, 23/07/2020)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *