Novos astros da telinha

Publicado em: 11/05/2009

A televisão no Paraná está vivendo seu mais profundo “momento bíblico”. São raros os canais onde não apareça, nos mais variados horários, um religioso de Bíblia na mão, prometendo curas, outros benefícios e a oportunidade de viver segundo os ensinamentos de Cristo.

Nada contra despertar corações para uma vida de solidariedade, amor e fraternidade. O comentário é no sentido de ressaltar a grande invasão de religiosos e políticos nos meios de comunicação eletrônica.

Começaram com o rádio, a partir do momento em que ocorreu uma proliferação descontrolada de emissoras em todo o país. A divisão das verbas publicitárias reduziu o faturamento de muitas empresas que não tiveram outra alternativa senão a de alugar seus horários. Muitas chegaram a arquivar a grade de programação e passaram a  operar como simples locadoras de horários. Uma iniciativa para salvar os combalidos cofres, que causou um nivelamento de qualidade para baixo e a dispensa de bons profissionais. Estes perderam suas posições de comunicadores para políticos e pastores.

Na TV “os invasores” ocuparam horários considerados nobres, onde disputam a audiência (perdem, é claro) com novelas da Globo. Em Curitiba tem programas religiosos (evangélicos, em sua maioria) nos canais 2,4,6,7,20 e 21. Só a Globo ficou fora, por motivos óbvios.

No lugar dos profissionais, locutores, apresentadores , agora atuam novos astros; pastores  de varias igrejas, muitos deles verdadeiros artistas na interpretação, expressão corporal e comando da massa nos auditórios sempre lotados. Os espaços que antes eram destinados a programas locais estão sendo ocupados  por igrejas evangélicas em sua maioria.

Com isso o publico mais exigente, que busca na televisão, boa informação e entretenimento de qualidade, migrou para a TV por assinatura ou para longe da televisão, como fez com o rádio. Como diria o repórter Algaci Túlio: “é profundamente lamentável”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *