Número de emissoras de rádio dobra em 10 anos

Publicado em: 15/02/2013

O Ministério das Comunicações registrou 9,4 mil emissoras de rádio em funcionamento em todo o país. O número, que inclui AM e FM comunitárias, é mais do que o dobro documentado há dez anos.  O rádio está presente em cerca de 88% dos lares brasileiros. A maior parte dos canais está concentrada em São Paulo e Minas Gerais, que têm o maior números de emissoras, com 1,4 mil e 1,3 mil respectivamente. Para o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Daniel Slaviero, o rádio segue como importante veículos de informação por se adaptar às novas tecnologias.

“Acreditamos no futuro do rádio, não como nossos pais e avós o conheceram, mas inovador, ágil, interativo e com a mesma importância social, eficiência comunicativa e proximidade com as comunidades e os ouvintes. Aos 90 anos, não há dúvida de que o rádio está em plena reinvenção”. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, engrossa o coro e também acredita que a penetração do rádio se deve a um fator cultural. “Neste momento especial de transformações tecnológicas e do aparecimento de outras mídias, o rádio segue firme no nosso dia a dia porque também se transformou. Hoje é comum, corriqueiro, ouvirmos a transmissão da programação também pela internet, direto das redações das emissoras”, ressaltou. Atualmente, 80% das emissoras aderiram à transmissão da programação pela web. (Agência Brasil)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *