O jornal

Publicado em: 14/11/2013

Seu Amauri e seu João gostam de um bom bailão. Certa noite a namorada de seu João disse que estava indisposta, queria ficar em casa. Seu João disse que também iria para casa assistir um faroeste. Ele não resistiu. Com seus 78 anos foi sozinho a um clube. Lá seu João encontrou o amigo Amauri, de 70 anos. Durante o baile seu João não se contentou em ficar sentado. Dançou até as pernas quase doerem.

Entre um rodopio e outro ele vê um pessoal da imprensa chegando, era uma equipe de um conhecido jornal. Seu João tentou arrastar a parceira mais pra lá e depois mais pra cá, tudo para escapar das fotografias. Logo a jornalista aproximou-se dele e o entrevistou. Ele disse que não gostaria de aparecer em fotos de jornal, argumentou que é muito tímido. Dois dias depois, já com a namorada, seu João caminha pelas ruas do bairro onde mora. No ponto de ônibus está seu Amauri.

Seu João apenas acena para ele, mas seu Amauri fala alto:

– O João, já viu o jornal de hoje? Olhe a capa do jornal de hoje.

A namorada de seu João pergunta:

– Quem é ele? Do que ele está falando?

Seu João olha para Márcia e diz:

– Esse é um louquinho aqui do bairro. Não fala coisa com coisa. Deixa pra lá.

Márcia acaba deixando pra lá mesmo. Ao entrarem num supermercado Márcia diz a seu João que vai comprar o jornal. Seu João gira a cabeça e vê os jornais e aponta dizendo que está ali. Ele a acompanha e ao chegar perto vê sua foto bem na capa. Ele fica nervoso e apenas consegue ler alguma coisa do tipo “bailes animam idosos”, e lá está ele dançando com uma mulher. Ele sente o coração quase saltar pela boca. Márcia caminha distraída e não observa a capa do jornal.

Seu João arrisca falar:

– Ah mulher não vamos comprar jornal não. Só tem notícias ruins – E já foi virando Márcia para outro lado. Ela diz que quer o jornal. Ele diz:

– Ta bom, ta bom, depois eu pego pra você. Deixa eu ver essa promoção de coca-cola.

Seu João faz mais compras do que pretendia e consegue fazer com que Márcia esqueça o jornal. Na volta seu Amauri ainda estava no ponto, seu ônibus só passa a cada 40 minutos. Seu João atravessa a rua e Márcia pergunta por que atravessar aqui se já vão ter que virar ali outra vez. Seu João caminha meio encolhido com vontade de acertar o nariz de seu Amauri, mas não quer que Márcia passe perto dele. Seu Amauri avista o casal e grita do outro lado da rua:

– E aí, compraram o jornal? Márcia coloca a mão na cabeça e diz:

– Que droga João, acabei esquecendo o jornal. Esse teu amigo pode ser louquinho, mas gosta de jornal, gosta de informação. Quero conhecê-lo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *