Papel menos conhecido é na área tecnológica

Publicado em: 08/09/2014

MILTON – Bom dia, Ethevaldo, como vai?

ETHEVALDO: Bom dia, Milton, bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

MILTON – Ethevaldo, qual é o papel menos conhecido da Petrobras na área tecnológica?

ETHEVALDO: É o apoio que essa estatal dá à pesquisa universitária no Brasil. Por lei, a Petrobras deve destinar 1% de seus lucros ao financiamento da pesquisa científica acadêmica no País. A grande maioria das universidades brasileiras tem recorrido a esse apoio.

MILTON – E que exemplos atuais de pesquisa feita em universidades brasileiras com apoio da Petrobras?

ETHEVALDO: O mais recente deles, Milton, foi a na área de Impressão 3D ou Prototipagem Rápida, com a inauguração de quatro laboratórios do Instituto Nacional de Tecnologia e da PUC-Rio, nessa área de Fabricação Digital.

Esses laboratórios são voltados para o desenvolvimento de produtos e protótipos em 3D, na PUC-Rio e no Instituto Nacional de Tecnologia, beneficiados com investimento de cerca de R$ 10 milhões da Petrobras.

As duas instituições beneficiadas, além de implantar a nova infraestrutura laboratorial, ampliaram as instalações já existentes. A Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) será gestora, divulgadora dos laboratórios e articuladora junto ao mercado.

MILTON – E que outros casos importantes você pode mencionar de pesquisa apoiada pela Petrobras?

ETHEVALDO: Um dos casos mais importantes é o apoio dado ao Instituto de Química da USP, para aquisição do mais moderno equipamento de laboratório para pesquisas na área de nanotecnologia. Além desses, há muitos outros casos de apoio à ciência e à tecnologia.

MILTON – Até amanhã.Sem-Título-1

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *