O rádio presente nas tragédias

Publicado em: 08/11/2009

Um dramático acontecimento marcou a história recente do rádio: a cobertura pela Rádio Guaiba de Porto Alegre do acidente da TAM em 2007 no aeroporto de Congonhas em São Paulo. A empresa demorou muito para confirmar a lista de passageiros, muitos dos quais gaúchos. Os familiares, em meio a incertezas, desinformações e muito nervosismo de ambas as partes, foram levados do aeroporto Salgado Filho para um hotel. Isso, entretando, não foi o suficiente para dar a todos a resposta que aguardavam. Foi aí que o rádio, novamente, se destacou ao cumprir seu papel de informar e prestar o serviço que trouxe alívio para uns e dor para outros, mas colocando um fim no drama da espera. (Ataides Miranda/Coletiva.net)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *