O repouso do navegador sobre as ondas da imortalidade

Publicado em: 04/02/2012

Depois, de turbulentos, mas bem vividos 40 anos sobre as ondas do rádio e sob as luzes dos holofotes do cinema, sempre rodeado pelo carinho dos fãs, Aguinaldo José de Souza Filho aportou ao norte da Ilha de Santa Catarina no início deste terceiro milênio. A partir de 2005 passou a contar aos nossos Caros Ouvintes suas alegres aventuras profissionais, ao mesmo tempo em que gravava e-books, participava de filmes e interpretava comerciais para TV.  Agora, em dezembro de 2011, foi elevado à condição de imortal ao assumir a cadeira número 32 da Academia Catarinense de Letras e Artes. Motivo mais do que justo para uma nova conversa atualizando suas atividades em confortável ócio na Ilha da Magia. Pois a entrevista foi gravada no início da semana no simpático mezanino da livraria Livros e Livros, ali na descida da rua Jerônimo Coelho para quem vai em direção ao Mercado Público. Para um encontro de dois veteranos – em plena atividade, diga-se – foi um momento de reminiscências, mas também de alegre expectativa futura. Por um acidente de percurso, porém, a entrevista com Aguinaldo está em dois tons: uma parte captada e reproduzida por uma gravadorinha Panasonic RR-US450 (daquelas que mais parecem um telefone celular magrinho e comprido) e a outra usando microfone profissional Samson CO3U USB Multi-Pattern Condenser. Agora cabe a você dizer se gostou ou não do resultado.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *