Ondas Curtas: canais compartilhados

Publicado em: 18/03/2013

Um velho e singelo princípio continua vivo e viabilizando soluções: a união faz a força. Observe este caso citado pelo nosso colunista Célio Romais. Diz ele: “Apesar dos avanços tecnológicos, a radiodifusão em ondas curtas ainda tem grande importância para regiões como o Centro Oeste e o Norte do Brasil. Um exemplo é a freqüência de 4885 kHz. São três as emissoras que ocupam tal canal: Rádio Clube do Pará, de Belém (PA); Rádio Difusora Acreana, de Rio Branco (AC); e Rádio Maria, de Anápolis (GO).” Essa solução é largamente utilizada em vários países europeus, principalmente nos canais de FM – Frequência Modulada.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *