Ondas enfraquecidas: cinco ângulos de uma realidade cansada **

Publicado em: 28/01/2013

Por que agências e anunciantes não se esforçam em veicular no rádio peças específicas e mais criativas?

Beatriz Lorente *

Por que agências e anunciantes não se esforçam em veicular no rádio peças específicas e mais criativas?

Sem dúvida, a maior surpresa para o Brasil no Festival de Cannes de 2012, foi o Grand Prix conquistado pela Talent na competição Radio Lions, com ação realizada na Band FM para a revista GoOutside. O prêmio inédito para o País chama ainda mais a atenção pela falta de tradição da publicidade brasileira nesta área em festivais internacionais e pelo baixo interesse de agências e anunciantes em injetar mais criatividade nos intervalos comerciais transmitidos pelas ondas sonoras Brasil afora.

Não é incomum a reprodução pura e simples no rádio do áudio do comercial desenvolvido para a televisão. Há inúmeras campanhas com spots que se resumem a textos lidos pelos próprios locutores das emissoras que as veiculam. E muito uso de trilha branca, não criada especificamente para aquela comunicação marca-ouvinte.

O meio convive com a pulverização da audiência em inúmeras emissoras segmentadas, e soma investimentos publicitários que lhe garantem aproximadamente 4% do bolo publicitário nacional, de acordo com o Projeto Inter-Meios.

Em contrapartida, o rádio é uma mídia bastante próxima a muitos brasileiros, seja o ouvinte dos grandes centros urbanos, que passa tempo considerável em trânsito, dentro de carros ou meios de transporte públicos, ou o de pequenas cidades nas quais este é o único veículo de comunicação local.

* [email protected]

** A matéria foi originalmente publicada na edição de meio&mensagem de 21/01/2013. Além do texto da repórter Beatriz Lorente que publicamos hoje, você poderá ler os depoimentos de Fernando di Genio, João Livi, Zenna Lopes e Fernando Julianelli nos próximos dias 30 e 31 de janeiro e 01 e 02 de fevereiro, aqui no Caros Ouvintes. (Colaborou Mazzuco Júnior)

Leia mais: http://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/em_perspectiva/2013/01/22/Ondas-enfraquecidas.html#ixzz2JJbeEa6l

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *