Os ventos que movem a BBC

Publicado em: 30/10/2009

O vendaval que atinge as finanças do mundo continua assombrando alvos antes inatacáveis. Começa que os maiores estragos estão onde existe mais recursos financeiros – ou deveria existir – justo nos chamados integrantes do Primeiro Mundo, assim mesmo com letras maiúsculas que é para a pobreza notar a diferença. Um exemplo é o que vem ocorrendo com a BBC de Londres nos últimos anos e que deverá se extender até, pelo menos, a 2013 que é quando termina o Plano de Restauração do grande ícone da comunicação mundial da atualidade. “A empresa pública britânica de Rádio e Televisão vai descer em 25% os salários da cúpula diretiva e eliminar 18% dos altos cargos até Julho de 2013”, esse é o comunicado da agência Europa Press. Paralelamente a essas duas medidas “a empresa promete apostar nas promoções internas para reduzir a necessidade de contratar funcionários de fora da empresa”, arremata a agência noticiosa. A propósito, é bom lembrar que em 2008 a BBC gastou 79 milhões de libras esterlinas (88 milhões de euros) para pagar os salários dos 643 altos cargos do grupo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *