Palavra Aberta cria websérie para mostrar bastidores do jornalismo

Publicado em: 15/06/2020

O Instituto Palavra Aberta lançou a websérie “Jornalismo: Conhecer para Defender” com os bastidores da profissão.

Crédito: Divulgação Palavra Aberta

A inciativa tem cinco episódios em vídeo com a participação dos jornalistas André Borges (O Estado de S. Paulo); Antônio Gois (O Globo); Carolina Ercolin (Rádio Eldorado); Thais Folego (Revista AzMina) e Valmir Salaro (TV Globo). 

A presidente do Palavra Aberta, Patrícia Blanco, explica que é importante “abrir a cozinha” e mostrar como o jornalismo é feito, como se diferencia de outros tipos de conteúdo e sua relevância para a sociedade. 

“A ideia surgiu do contexto que vivenciamos e da angústia de ver o jornalismo e a imprensa sendo atacados por aqueles que não entendem o papel imprescindível que ambos desempenham numa democracia. E é particularmente importante realizar isso agora porque estamos diante de um cenário delicado com a pandemia do novo coronavírus. A própria OMS classificou o período que vivemos como uma ‘infodemia’”, afirma. 

Segundo Patrícia, mostrar os bastidores do jornalismo valoriza o trabalho dos jornalistas diante do contexto de deslegitimação e de queda de credibilidade da profissão.

“Em democracias do mundo inteiro estamos observando, há anos, a queda na confiança no trabalho da imprensa, muitas vezes legitimada por autoridades políticas e pessoas públicas que não aceitam o olhar crítico do jornalismo”, complementa.  

Público-alvo

Segundo a presidente, a sociedade em geral é o público-alvo da iniciativa. 

“É preciso lembrar que críticas à produção jornalística são saudáveis e contribuem para que o trabalho seja sempre aprimorado. O que não pode acontecer é uma demonização generalizada da imprensa como instituição. Isso só interessa àqueles que não querem uma imprensa forte e atuante. Por isso, todos e todas podem tirar proveito da websérie. Mas vale ressaltar que o objetivo também é que, a partir do entendimento de como o jornalismo funciona, diversos grupos e organizações da sociedade civil possam reconhecer e defender o papel do jornalismo profissional como antídoto à desinformação”, finaliza.   

A websérie tem o apoio do Facebook e a produção da Jabuticaba Conteúdo. A iniciativa se soma a outras do Palavra Aberta no combate à desinformação, como é o caso do EducaMídia, programa lançado em 2019 para capacitar e engajar educadores no processo de educação midiática de crianças e jovens.

A websérie está disponível aqui

(ACI, 09/06/2020)

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *