Pioneiro espacial

Publicado em: 25/07/2012

Ethevaldo Siqueira, além gerenciar o seu blog escreve para o jornal O Estado de São Paulo semanalmente e mantém um comentário diário na CBN Brasil. O tema do comentário de hoje, 25/5, refere-se à comemoração dos 50 anos da primeira retransmissão de imagens de TV via satélite. O Telstar foi um precursor dos verdadeiros satélites de telecomunicações. Ele transmitiu com sucesso as primeiras imagens de televisão, ligações telefônicas, imagens de fax e imagens ao vivo de TV em retransmissão espacial transatlântica. Na realidade, o satélite era apenas uma estação repetidora de sinais de TV e de rádio no espaço, e girava em órbita elíptica, com o ponto mais baixo, o perigeu, a 952 km de altura e o mais alto, apogeu, a 5.933 km.

Nonato – Bom dia, Ethevaldo. Como vai?

Ethevaldo – Bom dia, Nonato; bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

Nonato – Ethevaldo, que data importante o mundo comemora neste mês no campo das comunicações via satélite?

Ethevaldo – Uma data importante, Nonato: o mundo está comemorando 50 anos da primeira retransmissão de imagens de TV via satélite.

Nonato – Como e quando aconteceu essa transmissão?

Ethevaldo – Foi no dia 10 de julho de 1962, data de lançamento do satélite Telstar – nome derivado de Telecommunications Star, ou seja, Estrela das Telecomunicações. Dois dias depois, eram transmitidas as primeiras imagens de TV via satélite da história das comunicações. Mas as coisas ainda eram primitivas, comparadas com as transmissões via satélite de hoje, Nonato.

Nonato – Como era aquele primeiro satélite de telecomunicações há 50 anos?

Ethevaldo – O Telstar foi um precursor dos verdadeiros satélites de telecomunicações. Ele transmitiu com sucesso as primeiras imagens de televisão, ligações telefônicas, imagens de fax e imagens ao vivo de TV em retransmissão espacial transatlântica. Na realidade, o satélite era apenas uma estação repetidora de sinais de TV e de rádio no espaço, e girava em órbita elíptica, com o ponto mais baixo, o perigeu, a 952 km de altura e o mais alto, apogeu, a 5.933 km. O Telstar era uma esfera de 88 centímetros de diâmetro e pesava 77 kg. Foi o primeiro satélite construído por uma empresa privada, os Laboratórios Bell (Bell Telephone Laboratories), da antiga AT&T. O mundo vivia o auge da guerra fria e da corrida espacial que opunha Estados Unidos e a antiga União Soviética.

Nonato – E hoje como são os modernos satélites de telecomunicações?

Ethevaldo – As comunicações via satélite fazem parte de nosso cotidiano, Nonato.  Atualmente, o mundo tem mais de 200 satélites de telecomunicações de grande capacidade, girando em órbita geoestacionária. Cada um deles pode transmitir até uma centena canais de TV simultaneamente.

Nonato – Até amanhã.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *