PLURALIDADE SONORA EM FAVOR DO RÁDIO E DA CIDADANIA

Publicado em: 08/01/2007

A luta por um rádio melhor deve ser uma meta perseguida por todos aqueles que estejam direta ou indiretamente ligados a esse meio de comunicação. Este tem resistido a tudo e a todos e se mantém de pé, forte e firme contra os que supõem substituí-lo como instrumento de cidadania, ética e valorização dos indivíduos no momento em que se transforma em grande palco das demandas populares.
Por Francisco Djacyr Silva de Souza*

A tristeza que se comprova na prática é que muitos dos que fazem o rádio, por comodismo ou por omissão, não têm buscado fazer parte desta luta nem criado ações em defesa de sua permanência como meio de comunicação mais importante por sua informação imediata, transparente e de fácil difusão. O rádio tem sido considerado o primo pobre das comunicações e seus dirigentes só se incomodam com sua rentabilidade econômica, sem verificar sua importância no fortalecimento da dignidade e da cidadania.
 
O rádio precisa de todos para crescer e alcançar o valor de que é merecedor, pois sua missão é de grande importância para que tenhamos uma comunicação séria, segura e democrática. O rádio precisa de garra e luta por parte daqueles que estão ao seu redor, pois seu papel é de grande valor no fortalecimento de um mundo melhor para todos.
Devemos lutar pela melhoria do rádio em termos de qualidade nas emissões e nas mensagens. Nas ondas do rádio deve prevalecer a luta por escolas de qualidade, políticos sérios, qualidade dos serviços públicos e melhoria das condições de vida de nosso povo.
(*) Presidente da Associação de Ouvintes de Rádio do Ceará, Fortaleza, CE


{moscomment}

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *