Prates não está calado

Publicado em: 25/07/2013

Aviso aos navegantes:

Esta edição do programa Ponto de Encontro vai ser conduzida pelo acadêmico Nícolas Horácio David, convidado especial para esta tarefa. Nícolas é, também, um dos criadores do Repórter Ping-Pong que circula no blog Estopim – um programa dos alunos de Jornalismo do curso de Comunicação Social da Unisul, campus da Pedra Branca, na Grande Florianópolis. Nícolas já foi assistente de redação no Diário Catarinense e atualmente integra o corpo de repórteres do site AcontecendoAqui. A ilustração é de Gessony Pawlick Júnior. Acomode-se, porque aí vem chumbo grosso de todos os lados. Boa audiência. (AS)

Repórter Ping-Pong (Nícolas David)

Eis uma entrevista. Engano seu! Eis uma enxurrada de opiniões críticas e falas contundentes, severas. Luiz Carlos Prates diz que não precisa de coragem para dizer o que diz. Para ele, a coragem é a virtude de quem mente diante das câmeras, nas páginas dos jornais ou no microfone da rádio.

No passado, o polêmico (o adjetivo é inevitável) comentarista comportamental, foi um estudante de psicologia. Sua origem no jornalismo, começou nas aventuras fantásticas do rádio esportivo. Ele trabalhou na transmissão de esportes amadores e viajou por quatro edições da Copa do Mundo. Entrevistou o Rei Pelé, narrou uma partida de futebol do banheiro.

Prates não baixou a guarda depois que saiu da RBS. Continua palestrando em diversos cantos do país. Escreve em jornais do interior de Santa Catarina, transmite programas em rádios de Criciúma e Lages e, de segunda a sexta, apresenta o SBT Meio Dia, onde também bate na mesa no auge de seus apimentados comentários.

Noveleiro, preconceituoso assumido, crítico dos politicamente corretos, avesso à hipocrisia, viciado em falar bueno e em usar etc, etc, etc, Prates tem mais novidade: trabalha agora na sua primeira publicação em livro. Nessa obra, promete dar joelhaços nos leitores, tal qual o analista de Bagé, seu conterrâneo de Rio Grande do Sul.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *