Primeiros humanos considerados ‘imortais’ devem começar a surgir em 2050

Publicado em: 03/11/2014

MILTON – Bom dia, Ethevaldo, como vai?

ETHEVALDO: Bom dia, Milton, bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

MILTON – Ethevaldo, como você avalia o aumento da expectativa da vida humana ao longo das últimas décadas?

ETHEVALDO – Milton, é impressionante o que aconteceu no mundo no último século, quando a expectativa de vida dos seres humanos praticamente dobrou, na maioria dos países, graças às centenas de inovações e conquistas no campo da biologia e da medicina.

No início do século 20, entretanto, vivia-se, em média, muito pouco.

• Na Itália e no Japão, os homens viviam, em média, 44 anos; a mulheres, 45;
• nos Estados Unidos, os homens, 48 anos; as mulheres, 51;
• no México e no Brasil, os homens, 32; as mulheres, 34.

MILTON – E qual a situação atual?

ETHEVALDO – No mundo, a expectativa de vida atual é de 68 anos e meio. Na maioria dos países desenvolvidos, esse indicador chega próximo de 80 anos. No Japão, está em 83 anos.

MILTON – E como será no futuro?

ETHEVALDO – Com a evolução da ciência, da tecnologia e, em especial, da medicina, alguns cientistas estimam que em 2030, a duração média da vida humana deverá estar quebrando a barreira dos 90 anos, nos países desenvolvidos.

Dois visionários famosos, Ray Kurzweil, o criador do conceito de Singularidade, e James Canton, preveem que, por volta de 2050, nascerão os primeiros seres humanos imortais, e a maioria das crianças daquela década viverá mais de 150 anos.

MILTON – Mas será possível chegar ao homem imortal nos próximos 30 anos?

ETHEVALDO – Poucos cientistas acreditam nessa previsão. Mas outro grupo duvida dessas previsões mais ousadas.

MILTON – Quem são os cientistas que duvidam de tudo isso?

ETHEVALDO – Eu cito aqui três exemplos de cientistas que pregam o Futuro com Moderação.

1. Mark Greaves, diretor de sistemas de conhecimento na empresa Vulcan;
2. O segundo é o brasileiro Jean Paul Jacob, cientista emérito da IBM e professor da Universidade de Berkeley, nos EUA.
3. O terceiro é foi o co-fundador da Microsoft, Paul Allen.

Para os três, as maravilhas da biônica, da cura de todas as doenças e da vida eterna poderão ser realidade, mas num futuro muito mais distante do que prevê o cientista mais visionário dos EUA, Ray Kurzweil.

MILTON – Até amanhã.

0 respostas

Deixe uma resposta

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *